Médica vai responder por homicídio culposo em acidente com professora de balé - TV interativa #CHEGAJUNTO

Publicidade


Médica vai responder por homicídio culposo em acidente com professora de balé

Share This
Médica vai responder por homicídio culposo em acidente com professora de balé
Foto: Reprodução / Correio
A médica Rute Nunes Oliveira Queirós, responsável pelo acidente que provocou a morte da professora de balé Geovanna Alves Lemos, 41 anos, foi indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O acidente aconteceu em março deste ano no bairro da Pituba. A professora estava na garupa de um mototáxi e morreu após ser atingida pelo Kia Sportage conduzido pela médica. Com a colisão, os veículos invadiram um canteiro e pararam do outro lado do retorno. De acordo com o Correio, o laudo do caso concluiu que foi um acidente e não houve intenção da médica de matar a Geovanna e ferir o motoboy. Geovanna e o mototaxista estavam de capacete no momento da batida. Ainda de acordo com o laudo, as perícias de local do acidente e do carro apontaram que Rute não usava o celular na hora do acidente. Além disso, as testemunhas ouvidas durante a investigação não relataram que a médica estava usando o aparelho quando houve a colisão. Rute chegou a ser presa, mas foi libertada após pagar fiança de R$ 4 mil. Antes de morrer, a professora estava indo para o Colégio Sartre, onde lecionava. Já a médica estava indo buscar a filha na escola, como fazia todos os dias. O caso será acompanhado pela delegada Maria Andrade, da 16ª Delegacia na Pituba e foi encaminhado no início desta semana ao Ministério Público Estadual (MP-BA).  Rute também responderá por lesão corporal culposa, uma vez que o motaxista ficou ferido no acidente.   BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário