Como um recém-nascido enxerga o mundo? - TV interativa #CHEGAJUNTO

Publicidade


Como um recém-nascido enxerga o mundo?

Share This
bebe

Sempre que nos deparamos com algum bebê recém-nascido é ativado em nós aquele sentimento de ternura pelos pequeninos, tamanha a fofura dessas pessoinhas. Porém, por serem tão pequenos e indefesos, despertam em nós algumas dúvidas sobre sua forma de vida. Como por exemplo, se eles conseguem nos escutar, distinguir os rostos ou simplesmente entender o que está acontecendo ao seu redor.
Uma das mais frequentes dessas perguntas é: Como os recém-nascidos enxergam? Será que são só borrões que os pequenos conseguem ver? Será que eles enxergam as cores? Distinguem os objetos? São tantas as dúvidas. Pensando nisso fomos atrás das respostas para essas perguntas e o que descobrimos é surpreendente.
Uma equipe de cientistas baseados nessas dúvidas, fizeram testes com bebês de até 3 dias de vida. De acordo com os testes, foi comprovado que os bebês conseguem enxergar e reconhecer rostos e expressões faciais a 30 centímetros de distância. Ou seja, geralmente a distância entre a mãe e o bebê no momento da amamentação. Quando ocorre o distanciamento para mais de 30 centímetros o rosto da mãe vai perdendo as formas e se transformando em um borrão. Com isso, os recém-nascidos só conseguem distinguir os rostos e expressões faciais de quem os carrega no colo.
recem_nascido1
Os bebês também podem demonstrar interesse por cores primárias, como azul, vermelho e amarelo, tentando acompanhá-las e mantê-las no foco de sua visão. Ou seja, os recém-nascidos enxergam. Porém, isso não significa que consigam identificar o significado daquilo que estão vendo. Por exemplo, eles são capazes de identificar um sorriso de sua mãe, mas não necessariamente que aquilo significa felicidade.
Nos primeiros 3 meses de vida formam-se as primeiras conexões neurais no sistema visual do bebê, dando mais nitidez, melhorando sua visão e capacidade de identificar gestos, objetos e seus significados à uma distância maior.
aa
O bebê está sempre aprendendo através das experiências visuais. Conseguindo com o tempo, assimilar novas imagens, resgatá-las na memória e distribuir significados familiares. Isso é perceptível nas primeiras semanas de vida do bebê, quando a sua reação passa a ser mais evidente quando mantêm contato visual com o pais.
O funcionamento do cérebro de um recém-nascido é extremamente complexo e fascinante, já que não existem muitos estudos sobre o seu sensível desenvolvimento. O que torna essas descobertas incrivelmente importantes para desvendar os mistérios da mente dessas pessoinhas tão fofas.